12 de julho de 2017

Resenha | Bound by Honor - Cora Reilly

Livro: Bound by Honor
Autor(a): Cora Reilly
Editora: Smashwords (internacional)
Paginas: 323
Série/Trilogia: Série Born In Blood Mafia Chronicles

Nascida no seio de uma das mais importantes família da máfia de Chicago, Aria Scuderi luta para encontrar seu próprio caminho num mundo onde opções não são oferecidas. Aria tinha apenas quinze anos quando seus pais a prometeram a Luca – O Cruel – Vitiello, o mais velho dos filhos do chefe da Cosa Nostra em Nova York, para garantir a paz entre as duas famílias. Agora, aos dezoito anos, o dia pelo qual Aria esteve temendo por anos está se aproximando perigosamente: seu casamento com Luca. Aria está aterrorizada de se casar com um homem que mal conhece, especialmente alguém como Luca, que conseguiu seu apelido, “O Cruel”, esmagando a garganta de um homem apenas com as mãos. Luca pode ser um dos homens mais cobiçados de Nova York por sua boa aparência, riqueza e carisma predador, mas as garotas da sociedade nova-iorquina que se jogam em cima dele não sabem o que Aria sabe: que a aura de bad boy não é apenas um jogo; sangue e morte se escondem sob os impressionando olhos cinzentos e sorriso arrogante de Luca.

Bound by Honor é o primeiro livro de uma série sobre máfia. Em Nova York e Chicago ficam as mafias mais poderosas do país. Quando máfias estrangeiros tentam cruzar a fronteira, a única solução é juntar aliados.


E essa união é feita através do matrimônio entre os filhos mais velhos do alto ponto dá máfia. Aria Scuderi não está nada feliz com esse negócio, o homem a quem ela está prometida é conhecido como O Cruel e se baseando no casamento infeliz da sua mãe ela não ver outro final pra ela. Luca Vitiello faz jus a seu nome, frio e incapaz de ter sentimentos por alguém ou algo, pra ele esse acordo é só para o bem da máfia. E Aria também sabe disso, e sua irmã Gianna faz de tudo para que ela odeie esse acordo e odeie seu futuro marido.

No entanto, entre brigas e enganações, Aria descobre novos sentimentos. E Luca se transforma em alguém que ela jamais imaginaria.

- Eu adoro quando você se envergonha sempre que eu digo algo sujo. Eu mal posso esperar para lhe ver corando quando eu fizer algo sujo com você.

Bound by Honor foi meu primeiro livro de máfia. Eu me prendi em sua sinopse e a minha expectativa foi superada. Aria é totalmente o contrário do que imaginei, no início ela parece ser uma menina frágil e inocente que será servil ao marido. Mas no decorrer da história você começa a conhecer uma mulher forte e decidida. Ela também é muito apegada a família, e podemos acompanhar isso em toda a série.

Luca me encantou desde sempre, ou quando quer, em todo seu charme que nos deixa fascinada. Mas aquele rostinho bonito pode deixar sua vida em um verdadeiro inferno. E quando se junta seu irmão, então!


Tenho que alertar que, é uma série machista. Pois é tratada dentro da máfia, onde mulheres são vistas apenas como parceiras sexuais e mães dos seus descendentes. Há muitos outros pontos positivos no livro, que envolve ação e romance sem estragar nada, e o que deixa mais interessante.

"Chega um ponto que todos os meninos têm que perder a sua inocência. A máfia não é um lugar para os fracos."

No livro, Cora descreve a química inegável entre eles. Aria é virgem pois foi prometida a Luca com apenas 15 anos, sua experiência sexual é zero. Como um livro erótico, as cenas de sexo são bem descritas e envolventes. Em momento algum a leitura se torna cansativa. E ainda temos a participação da importuna Gianna, e do ordinário Matteo.

Nele, somos capazes de descobrir que o amor pode surgir onde a gente menos espera. Bound by Honor pode parecer aquele velho clichê, mas a leitura intensa e envolvente que te prende até o último capítulo.

"Você não deve me amar, Aria. Eu não sou alguém que deve ser amado. As pessoas têm medo de mim, elas me odeiam, elas me respeitam, elas me admiram, mas elas não me amam. Eu sou um assassino. Eu sou bom em matar. Provavelmente sou melhor nisso do que em qualquer outra coisa, e eu não me arrependo. Porra, às vezes eu até mesmo gosto disso. Esse é o homem que você quer amar?
quando o romance vem com tudo e me abala:

Eu não me arrependo de ter lido essa série inteira — terá resenha dos outros — e com certeza é uma série que leio e indico sempre que posso. Pois eu sou apaixonada pela escrita da Cora Reilly.


13 comentários:

  1. Olha que interessante

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Manu! Realmente tem uma pegada machista, mas fiquei curiosa em como o romance vai surgir nisso tudo. E claro os empecilhos que sempre aparece. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito boa mesmo, eu super indico!

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  3. Nunca tinha ouvido falar desse livro, MAS FOCA NOS WINCHESTER's nesse post, reinando, gente nem to acreditando que tem hunter por aqui aaaaaaa ♥
    Acabei de conhecer seu blog, e eu estou amando tudo! Estou seguindo o blog, curtindo a fan page. Estou com metas para esse mês e eu espero que possa me ajudar a cumprir! Estou te esperando lá no blog ♥
    Beijos, e gostei muito do post

    batomveermelhoblog.blogspot.com
    @batomdamanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles reinam muito aqui no blog! Obrigada, obrigada linda!

      Beijão

      Excluir
  4. Oi, Manu!
    Amei os gifs como uma boa hunter hahhahahahha
    Já me indicaram bastante essa série e eu tenho vontade de ler por se tratar de máfia e tals...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é muito boa mesmo, deveria ler!

      Beijão e obrigada

      Excluir
  5. Adoro essa temática! Não conhecia esse título, mas agora, fiquei super intrigada para lê-lo!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito bom, leia sim!

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  6. Olá, Manu.
    Não tem por aqui ainda né? Não lembro de ter visto. O enredo me pareceu bem clichê mesmo com o protagonista Grey. Mas essa coisa de ter a mafia me interessou. Vou querer ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ficar calma que não lembra nada Christian Grey! Ele ainda não lançou no Brasil, como eu queria!

      Beijão e obrigada1

      Excluir
  7. Oi, Manu!!! Eu estou aqui toda animada ao ver que você já leu algum livro da série, então bate aqui <3 Já li todos os lançados e traduzidos e tô esperando o quarto que tinha previsão de lançar ano passado mas até hoje não encontrei. Eu amei essa série, é diferente e aborda o machismo como ele realmente é. Não senti raiva dos personagens como geralmente sinto com histórias com esse tema, na verdade me apaixonei.
    Beijo!
    https://leitoraencantada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem vindo (a) ao meu blog!
- Adoraria um comentário seu, e deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir!
- Não se divulgue por aqui, entre em contato comigo por e-mail!
MUITO OBRIGADA POR SUA VISITA!
Nos acompanhe nas redes sociais também: Instagram e Facebook