26 de maio de 2017

Resenha com entrevista | Escuridão, The Dark World #1 - L. F. Faria

Livro: Escuridão
Autor(a): L. F. Faria
Editora: Amazon
Paginas: 242
Série/Trilogia: Série The Dark World
O que você faria para sobreviver?John Blake acorda perturbado em uma manhã quente de um verão londrino qualquer, após um pesadelo que mal ele sabia que poderia mudar toda a sua vida e também o seu primeiro trabalho. Quando ele chega ao Acampamento Blue Light, as coisas ficam obscuras e sombrias de um jeito que ele nunca imaginou: de noite humanos transformados em criaturas sem alma - Imortais - invadem o local e a destruição começa. John não sabe com quem contar e se acredita que aquilo é real ou não. No meio do caos, ele conhece Ryan e Charlotte – dois jovens funcionários do acampamento – que também tentam fugir. Criando uma aliança eles seguem em direção a desconhecida e medieval cidade de Wells, onde tudo o que eles encontram é a escuridão.Unindo as suas forças, desvendando mistérios e criando novos, eles irão lutar para sobreviver ao desconhecido enquanto o governo finge que não vê todo o caos na cidade e um homem misterioso surge tentando matar John e seus dois amigos mesmo que eles sobrevivam a tudo, e mesmo que isso significa destruir a humanidade. Sobreviver é a palavra chave e as suas vidas estão prestes a mudar de um jeito que não haverá mais volta.


 O livro começa com John, mais especificamente ele em um de seus pesadelos. John Blake precisa pagar a faculdade e para isso, aceita trabalhar no acampamento Blue Light. Onde ele conhece Ryan e Charlotte, e surge um laço de amizade entre os três.
 Dispostos a uma aventura, os três vão para a floresta e lá encontram mais do que estrelas brilhantes, elem vivem a lenda da floresta Beddgelert.
 John junto com seus novos amigos enfrentam os Imortais, e daí em diante eles começam a temer o que pode acontecer naquele escuro da pequena cidade de Wells.

SPNG Tags: Dean / Dramatic Zoom
Looking for a particular Supernatural reaction gif? This blog organizes them so you don’t have to spend hours hunting them down.
Quando eu terminei o primeiro capítulo:


Eu tinha muito medo de certas coisas e elas se tornaram real. Eu tinha medo do escuro e agora estamos vivendo nele.
Quando eu fiz a parceria com o Luiz, o motivo maior foi essa premissa que me chamou a atenção e o fato de ser meu primeiro livro de ficção cientifica. Escuridão é o primeiro livro de uma série de cinco livros, narrado em terceira pessoa e com capítulos bem construídos pelos ricos detalhes.

A leitura não foi monótona ou tórrida, a escrita do autor me prendeu ao livro. John, Ryan e Charlotte são os protagonistas da historia. John se destaca pela liderança e coragem para salvar a si mesmo e seus amigos. Mas, não faz de Ryan e Charlotte esquecidos.


John sentiu uma corrente de adrenalina novamente percorrendo todo o seu corpo através de suas veias. Sentiu a promessa da vida novamente. Se aquela não era a verdadeira vontade de viver, o que mais poderia ser?

Os dois sempre estão ao lado de John e tem seus momentos na historia. E até pinta um clima de romance entre eles que a gente já sente desde o inicio, e não deixa a desejar, como um fã de clichês, sinceramente, eu estava esperando pra ter algo assim. O bom foi que não ofuscou o foco principal da história. Que é cheia de surpresas e com seus acontecimentos rápidos.


Eu sei como é travar uma batalha diária dentro da sua cabeça, mas neste momento temos que manter o foco, não é culpa sua

John Blake é carregado de sentimento de culpa e um passado que ainda não foi revelado mas que pode lhe trazer grandes perigos. Presos em uma cidade cheia de criaturas que eles desconhecem a origem, John, Ryan e Charlotte tem apenas um ao outro para conseguir se manter à salvo.




NÓS AQUI CONVERSAMOS COM L. F FARIA E DESCOBRIMOS UM POUCO MAIS DA SÉRIE E SEUS PROJETOS FUTUROS.


Quando você entrou pra faculdade, teve a ideia de escrever essa série. Como que foi todo esse processo e como quem tava do seu lado reagiu?

 Eu tinha acabado de escrever o meu primeiro livro de romance, A Verdade Sobre O Amor, e estava sentado na sala de casa querendo escrever outro. A ideia chegou antes de dormir como se fosse um tiro, quando acordei já tinha toda a trama da série e as personagens principais formados na minha cabeça, claro que foi melhorando ao longo dos anos. A minha família sempre me apoiou quando comecei a minha carreira como ator, cantor e escritor (já tinha escrito roteiros para teatro e pilotos de séries), então não houve surpresa nenhuma, só quando falei que seriam cinco livros. [Risos]

Muitos autores preferem o silencio e outros a companhia da música. Como é quando você esta escrevendo?
    Como sou cantor e compositor acabo sempre escrevendo com música, mas gosto de brincar com os sentidos. Por exemplo, quando sei que uma música que gosto de encaixa na história e falo sobre ela no livro, naquele momento estou ouvindo-a, caso contrário são instrumentais de cenas de filmes e séries que combinam com o trecho em específico. O mais bacana é quando coloco sons de coisas que acontecem na cena como fogo crepitando e grilos de madrugada. Acho que dessa forma a experiência toda fica ainda maior para o autor.

Desde pequeno você acompanha esse mundo da ficção cientifica.Tem algum autor ou livro favorito?
    Agora você apelou. (Risos). Não consigo escolher apenas um. Sempre fui apaixonado pela J.K. Rowling, afinal foi ela que me introduziu a esse mundo fantástico, Julio Verne, os roteiros de Chris Carter para Arquivo X, Cassandra Clare, Suzanne Collins, John Green e Mac Barnett são os meus autores favoritos. Agora se tiver que escolher um livro favorito, bem, não vou conseguir.

John, Ryan e Charlotte são personagens fortes e corajosos. Eles são inspirados em alguém ou apenas fictícios?
    Diretamente não. Eu peguei várias características de pessoas que conheço e admiro e fui moldando até chegar em personagens que se completassem como um perfeito quebra-cabeças. Por exemplo, a teimosia de John veio de mim mesmo e as datas de aniversários de Ryan e Charlotte vieram dos meus irmãos. Agora o vilão foi inspirado em várias figuras públicas que praticavam atos contra a humanidade e um pouquinho dos meus professores.

Escuridão é um livro muito bem detalhado, e a cidade onde acontece não seria diferente. Já viajou pra Inglaterra ou foi tudo a base do Street View do Google? [risos]
    Nunca fui a Inglaterra, mas a pesquisa durou quase três meses. Primeiro comecei escolhendo as cidades, então foi muito street view, documentários, vídeos no Youtube e o principal, muitas amizades com locais através de redes sociais onde eles toparam numa boa e ajudaram com fotos e muitos relatos. Fiz isso novamente com um romance que terminei de escrever sobre uma viagem pelas menores cidades dos Estados Unidos.

John desde o inicio do livro tem um passado que não quer revelar. Descobriremos mais disso ao decorrer da série?
   Claro. Esse vai ser o combustível que dará movimento a série. Em cada livro iremos descobrir uma grande peça da roda que é a vida de John, e no final, acho, todos ficarão chocados. A jornada do herói é longa e muito perigosa para ele.

Além da série, tem mais projetos vindo?
    Sim, tem o segundo livro de The Dark World que será lançado em breve, não posso dizer quando, também tenho meus projetos como cantor e logo vocês poderão ouvir minhas músicas. Enquanto isso continuo escrevendo o terceiro livro da série e finalizando um outro romance, afinal temos que dar um tempo para as explosões e mistérios.

 Eu passei por misturas de sentimentos no livro. Devemos preparar o coração para mais emoções?
     Como diriam os médicos do hospital de Grey’s Anatomy, “PAGE CARDIO”. (Risos). Sim, pode preparar o coração para muita ação, reviravoltas, perdas, risos, agonia e até um pouco de romance ao longo dos próximos volumes. Eu considero a história toda em três arcos, os dois primeiros livros são os mistérios dos Imortais, que será resolvido no fim do segundo volume, o terceiro e quarto livro é quando todas as decisões que eles tomaram começam a ganhar consequências gigantes e o último, bem, esse será de ficar desesperado pelas personagens. O slogan “o que você faria para sobreviver” vai parecer tão real e os riscos deles irão aumentar nas sequências.






33 comentários:

  1. Olá!
    ADOOOORO quando o contato com o autor é gostoso assim.
    A troca faz a experiência do livro ser mais completa, né?
    Parece um livro que te deixa sem fôlego.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Ele é ótimo haha

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  2. Oie. Tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o autor e nem mesmo sabia sobre a série, mas achei a premissa interessante e pra quem curte os gêneros ficção e fantasia, deve ser uma ótima pedida.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza são ótimos pra quem curte mesmo haha

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  3. Oi! Tudo bom?
    ADORO livros de ficção científica. Não conhecia esse, mas o autor é muito simpático. O fato de ele ter se inspirado na J.K. e nos roteiros de Arquivo X já me animou pra leitura!
    Adorei a entrevista.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! J.K. é maravilhosa não é? Haha

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  4. Olá,
    Achei o enredo desse livro bem interessante, mas só de ver que são cinco livros que ainda nem estão lançados já me desanima um pouco. odeio ter que ficar esperando anos pelas continuações hehe. Mas achei a entrevista bem legal. O autor faz bastante coisas. E achei legal ele ter pesquisado bastante para saber bem sobre o que estava escrevendo, isso não acontece muito hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade mesmo, quase nunca pesquisam! Eu vou ter que esperar um pouquinho pela continuação e to bem triste haha

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  5. Oi Manu!! Não conhecia o autor e nem a série, mas parece a premissa parece ser muto boa. Esse contato com o autor é sensacional! Parabéns pela entrevista!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Manu!
    Ainda não li o livro do Luis porque ando com a vida corrida e quero me dedicar 100% à leitura. Mas por essa sua resenha estou considerando bastante subir ele na lista de leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  7. Oi Manu, sua linda, tudo bem?
    Estou super empolgada para ler o livro. Que acampamento é esse??? Fiquei com medo, risos... Estou aqui super curiosa para descobrir como eles conseguirão escapar. Parece ser uma história que não conseguimos largar até acabar. Não vejo a hora de ler, adorei sua resenha!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super curiosa né? Hehe obrigada por ter gostado!

      Beijão

      Excluir
  8. Oi
    estou lendo postes bem positivos desse livro, a premissa dele chamou minha atenção, já até fiquei curiosa para saber o que aconteceu logo no inicio só pelo gif da reação. Parece ser um bom ficção, é legal ver autores Nacionais ganhando espaço.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo mesmo ver nossos nacionais ganhando destaque!

      Obrigada e beijão!

      Excluir
  9. Eu to suuuper curiosa pra ler esse livro! E fiquei chocada quando descobri que são CINCO livros. Eu aqui inocente achando que era volume único hahahah adorei saber mais sobre o autor pela entrevista, principalmente a forma como ele escreve. Sempre curti muito ler e escrever com música ao fundo, dá toda uma trilha sonora à história, um embalo, as vezes até uma emoção maior, mas a parte de colocar gritos pra tornar mais real, aí não rola não hahahaha corajoso ele!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo muito real não é? Haha

      Obrigado e beijão

      Excluir
  10. Oi Manu
    Não conhecia a obra e o autor mas só pelos quotes que você separou ja deu para ver que a escrita é otima

    "Eu tinha muito medo de certas coisas e elas se tornaram real. Eu tinha medo do escuro e agora estamos vivendo nele."

    Nesse aqui eu até arrepiei!!

    Amei a entrevista .Só fiquei com uma duvida : Ele conseguiu dormir quando teve a ideia?Porque eu iria passar a noite em claro com a mente fervilhando de ideias.

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também passaria a noite escrevendo rascunhos! Hahaha é muito bom mesmo!

      Obrigada e beijão

      Excluir
  11. Oie Manu =)

    Estou vendo esse autor em vários blogs e pelo que percebo todo mundo está gostando bastante do livro dele.

    Parabéns pela entrevista e sucesso para o L.F. Faria =)

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou adorando também!

      Obrigada e beijão!

      Excluir
  12. Oi, Manu. Como vai?
    Mulher amei a resenha e fiquei super curiosa sobre essa história. Nem preciso dizer que já irei colocar o livro na minha listinha de leituras hahaha.
    O blog está acada vez mais maravilhoso. Parabéns.

    Beijão,

    Eduarda | #blogumup
    Universo Paralelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha obrigada por todo o comentário! O livro é bom mesmo, e espero que goste tbm!

      Beijão

      Excluir
  13. Eu nunca tinha ouvido falar, mas gostei principalmente da entrevista deu pra entender melhor sobre o livro ♥

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  14. Oi! O livro parece ser bem interessante e adoraria conferir uma hora dessas. Valeu a dica.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou!

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  15. Oi Manu,
    Que premissa bacana, mas sos que esse povo teve que ir para o meio da floresta GENTEEEE? Deu pra sentir a vibezinha Arquivo X só lendo sua apresentação haha e ótima entrevista btw.

    tenha uma ótima terça :D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha que bom que gostou! Esses personagens nos mata!

      Beijão e obrigada!

      Excluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia o autor, mais adorei o livro.
    Muito.
    Beijos :*

    Literatura Por Amor

    ResponderExcluir

Seja bem vindo (a) ao meu blog!
- Adoraria um comentário seu, e deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir!
- Não se divulgue por aqui, entre em contato comigo por e-mail!
MUITO OBRIGADA POR SUA VISITA!
Nos acompanhe nas redes sociais também: Instagram e Facebook